Imagem Resina - Nossa Senhora das Lágrimas 15 cm

Imagem Resina - Nossa Senhora das Lágrimas 15 cm

  • REF. 23923
  • Disponibilidade: Pronta Entrega
  • R$44,00

    R$ 44.00
  • 1x de R$44,00 sem juros
  • ou R$41,80 à vista
A Imagem Resina - Nossa Senhora das Lágrimas 15 cm é rico em detalhes e possui alto padrão de qualidade, é mais resistente que a imagem de gesso, possuí melhor acabamento .
Calcule o freteNão sei meu CEP

Aproveite e compre junto

R$44,00

1x de R$44,00 sem juros
ou R$41,80 à vista

Pulseira Terço - com Medalha de São Bento Embuia

R$9,50

Minha Essência - Livro para colorir- Thiago Brado

R$24,90

Kit Incenso Clássicos - Milagros

R$49,90

Selecione o produto desejado ao lado para adicionar à sua compra

DETALHES DO PRODUTO

Medidas aproximadas do produto

Altura: 15 cm 

Largura: 6 cm

Profundidade: 7 cm

Peso:175 gr


Na cidade de Siracusa, localizada na Sicília, nos dias 29, 30 e 31 de agosto e 1º de setembro de 1953, uma pequena imagem de Nossa Senhora derramou uma grande quantidade de lágrimas, um acontecimento que foi observado por várias pessoas, incluindo autoridades da igreja.

O início das lágrimas

Antonina Iannuzo, após rezar perante sua imagem de Nossa Senhora, reparou que dos olhos da imagem saíam lágrimas em abundância. A princípio, ela pensou que fosse ilusão, mas sem demora seu marido e alguns parentes também testemunharam o acontecimento.

A notícia se espalha rapidamente

A imagem chorava em tamanha intensidade que suas lágrimas escorriam por sua face. E rapidamente a notícia se espalhou, sendo que em pouco tempo já havia pessoas sabendo do ocorrido em toda a Europa. O número de viagens de trem para Siracusa foi quintuplicado, e inúmeros viajantes reservavam passagens de avião com semanas de antecedência. Mesmo com as altas temperaturas do verão italiano, a quantidade de turistas só aumentava. Carros, ônibus e outros veículos lotavam as estradas rumo à Siracusa.

Inúmeros milagres

Os enfermos eram conduzidos a uma praça de 100 metros quadrados diante da pequena imagem exposta em uma reentrância. Ao longo de 18 horas por dia, padres e religiosos se alternavam levando objetos para tocar na imagem. Logo se formou o “Comitê da Virgem que chora” na casa da família Iannuzo com o intuito de analisar aqueles que receberam milagres. Foram analisados mais de trezentos casos de milagres realizados pela imagem.

RELACIONADOS

Tags: nossa senhora, lagrimas, lágrimas